CPI da Câmara vai até Barão de Cocais ouvir famílias que moram próximas a barragem Gongo Soco

by itlabs
360 views

A CPI que investiga a tragédia de Brumadinho realizará na próxima segunda – feira (27) – diligência in loco para ouvir a população de Barão de Cocais (MG). O objetivo da Comissão é acompanhar as ações diante da iminência de rompimento da barragem Gongo Soco, da mineradora Vale.

De acordo com a Vale, o rompimento poderá ocorrer entre 19 e 25 de maio, portanto a CPI da Câmara realizará a diligência independente do rompimento.

Segundo dados da Agência Nacional de Mineração (ANM), cerca de seis mil moradores de Barão de Cocais estão dentro da zona secundária de salvamento (ZSS). Neste perímetro, a onda de rejeitos pode chegar em cerca de uma hora e 12 minutos.Outros 443 moradores da zona de autosalvamento já foram retirados de suas casas em fevereiro, quando o nível de segurança da barragem foi elevado para 2. Já em março a estrutura entrou em alerta máximo de rompimento com o nível elevado para 3.

Como Coordenador da Comissão Externa – Brumadinho, o deputado realizou visita técnica e teve a oportunidade de ouvir as demandas dos moradores (foto 18 março) – entre elas: Apresentação de cronograma de descomissionamento da Barragem e que a empresa Vale assuma o compromisso de ressarcimento do chamado (lucro cessante) que são “prejuízos causados pela interrupção de qualquer das atividades de uma empresa ou de um profissional liberal”.

“Seguiremos trabalhando para não aconteçam outras tragédias como de Mariana e Brumadinho.

Veja mais