Deputado Zé Silva apresenta manifesto pela redução do uso de pesticidas no Brasil

by itlabs
514 views

Deputado Zé Silva apresenta  manifesto pela redução do uso de pesticidas no Brasil

O plenário da Câmara dos Deputados, promoveu uma comissão geral para discutir o uso de  pesticidas  no Brasil. A iniciativa, proposta pelo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), busca discutir um caminho para o uso dos defensivos agrícolas  em consonância com  a qualidade de vida o desenvolvimento econômico e à proteção ambiental.O debate contou com a participação de especialistas de varias áreas.

Durante discurso  o deputado Zé Silva, falou da  necessidade de reduzir a utilização do produto.  E afirmou que o  Brasil não pode se conformar com um “mero aumento do uso” de pesticidas.

O parlamentar questionou se o  nível de produção agrícola hoje no Brasil só consegue ser mantido com o uso dos agrotóxicos. “Nenhum produtor rural quer usar pesticida. Mas como irão produzir sem eles? “ –  “O Estado tem que definir o nível de competitividade que ele quer para seus produtos. Infelizmente, apenas 20% dos produtores no país tem assistência técnica e extensão rural”.

Zé Silva que também é agrônomo e extensionista rural, defende mais agilidade no registro, segurança e controle na utilização de pesticidas e apresentou um manifesto com que destaca a pesquisa e inovação:

🔸Receituário agronômico eletrônico cadastro Unificado de Pesticidas
🔸Programa Nacional de Premiação a Agricultura Orgânica.
🔸Programa de Desoneração Tributária para Implantação de Biofábricas.
🔸Programa Nacional de Pesquisa para redução do uso de pesticidas.
🔸Rede de Assistência Técnica e Extensão Rural
🔸Programa Nacional de Apoio a Pesquisa Aplicada nos Estados

“Com a implementação dessas medidas na legislação brasileira em consonância com politicas públicas efetivas, chegaremos a uma situação justa e soberana, em vista dos interesses dos consumidores, dos agricultores em geral. da industria e da produção sustentável e responsável”, disse Zé Silva

O parlamentar que é membro da Frente de Extensão Rural e Agropecuária,a firmou que é necessário esforço e ciência, que devem ser colocados a serviço do país para que seja buscada a redução do uso na agropecuária brasileira, pelas razões ambientais, econômicas, sociais e tributárias.

Segundo Zé Silva a utilização intensiva e o uso indiscriminado desse tipo de produto demonstram a fragilidade do sistema de controle das substâncias agrotóxicas ao longo da cadeia que vai da produção ao consumo.

 “Entendemos que uma das principais barreiras ao controle está na falta de um cadastro único nacional. Cada um dos 27 estados tem uma forma distinta de realizar o controle da venda e uso do produto. Assim, é imperativo que esse controle seja mais eficaz e eficiente”, disse Zé Silva, que é agrônomo de formação.

Zé Silva,  defendeu a participação de profissionais da área nas discussões legislativas sobre o tema “Os constantes diálogos e debates que tenho feito acerca dessas questões, foram tratados com colegas da área técnica, produtores rurais e reconhecidos cientistas e pesquisadores que abordam o tema com a seriedade que ele exige”, conclui   Zé Silva.

Leia o manifesto na íntegra:
https://zesilva.com.br/wp-content/uploads/2019/09/pesticidas.pdf

Veja mais