Deputado Zé Silva discursa em plenário sua agenda no Vale do Jequitinhonha

by itlabs
432 views
discurso agenda

discurso agendaSr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, povo brasileiro, mais especialmente minha gente querida de Minas Gerais e do Jequitinhonha, estive neste final de semana fazendo uma verdadeira maratona, uma saga por uma das regiões que têm muitos desafios a serem superados.
Eu tenho afirmado, desde 2003, quando fui Presidente da EMATER, e depois, como Secretário de Estado de Trabalho e Secretário de Estado de Agricultura, que dois pontos me encantaram em Jequitinhonha. O primeiro deles é a qualidade da sua gente. O povo do Jequitinhonha é um povo que tem a cultura do artesanato, da música, da poesia e da escrita e também uma resistência muito forte, pelas condições adversas da natureza e da temperatura, a falta de chuva.
A única certeza, Sr. Presidente, que se tem no Vale é que vai chover pouco.
Outro ponto que me encantou e que nos une são os desafios. Foi assim por Salto da Divisa, por Santo Antônio do Jacinto, por Jacinto, por Almenara, por Bandeira, por Itaobim, por Virgem da Lapa, por Aricanduva, por Diamantina, por Alvorada de Minas e, completando a 11ª cidade, por Congonhas do Norte.
De lá eu pude voltar com a bagagem cheia, cheia de indignação da população do Vale e cheia de muitas demandas para o nosso mandato, demandas da agricultura familiar, demandas da juventude. Os jovens vão para a cidade grande na esperança de uma vida melhor. Mas talvez esse sonho vire pesadelo, eles tenham que voltar para o Vale, e o Vale pode não estar preparado para recebê-los.
Trago demandas do povo brasileiro e do povo mineiro com relação à BR-367, um desafio estruturante do nosso mandato. É uma BR, Sr. Presidente, que Juscelino idealizou para ligar a sua terra, Diamantina, até Porto Seguro, na Bahia, Município aonde os portugueses chegaram no Brasil.
Há dois trechos nessa BR, o que liga Virgem da Lapa a Minas Novas e o que liga Salto da Divisa a Almenara. Em 2012, numa audiência pública na Câmara Municipal de Almenara, nós percebemos que muitos prometeram, mas não existe nem projeto executivo para concluir esse trecho da BR, que não passa de 120 quilômetros.
Houve movimento da sociedade, da imprensa, dos empresários, dos estudantes, da população como um todo, mas a desilusão e a revolta foram tantas que a ponte sobre o Córrego Rubim foi queimada. Ela foi interditada pela Defesa Civil em 20 de março. No dia 20 de abril deste ano, eu estive com o Prefeito de Bandeira, o Sr. Antônio, que é Presidente da Nova Associação dos Municípios da Microrregional do Baixo Jequitinhonha. Avisamos pessoalmente o Secretário-Executivo do Ministério dos Transportes, e nenhuma medida foi tomada efetivamente.
Então, esta é a principal demanda do Vale. Todas as pessoas que saem da Região Sudeste e vão para o sul baiano em viagem de turismo; além de transportar vidas, pessoas e riquezas do Brasil; o granito do Vale do Jequitinhonha, que tem que ser transportado; enfim, todos precisam dessa BR.
Mas trouxe também, Sr. Presidente, um pedido de todas as comunidades rurais por onde passei, de todas as cidades, de todos os distritos, que é a necessidade de água.
Água é vida, é fundamental para o consumo humano.
Como Presidente da EMATER, nós implementamos um projeto libertador, que não precisa do caminhão-pipa e não precisa dos favores políticos. Trata-se de um sistema simplificado, idealizado pelos competentes profissionais extensionistas da EMATER. Já o colocamos em 1.100 comunidades rurais, para mais de 60 mil famílias. Mas as pessoas pedem água. Por isso, eu chego com essa demanda para as emendas parlamentares, para o Ministério do Desenvolvimento Agrário.
Mas, ao mesmo tempo, há desilusão. Vi, por exemplo, em alguns Municípios, centenas de cisternas de plástico do Ministério da Integração Nacional que estão às margens das estradas vicinais, nos pátios das Prefeituras e não foram instaladas. Estou tomando providência. Vou pedir explicação ao Ministério da Integração Nacional e ao Governo do Estado do por que essas cisternas não foram instaladas.
Trago também conquistas importantes, Sr. Presidente. Em todos os Municípios por onde passei há um programa que criei, enquanto Presidente da EMATER, que é o programa de sementes para a agricultura familiar: sementes de milho, sementes de feijão, o sogro, o feijão-caupi. As sementes têm a simbologia da vida. Por isso, em todos os Municípios por onde caminhamos e passamos pude entregá-las, com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável —CMDRS, com as lideranças políticas, mas, especialmente, com os presidentes de associações comunitárias rurais.
No Município de Santo Antônio do Jacinto, lá especificamente, há um projeto simples, mas que liberta também os agricultores familiares: uma balança comunitária para a venda dos bovinos.
Então, deixo aqui o meu compromisso e a bagagem de demandas que trouxe do Jequitinhonha. Deixo ainda o meu respeito ao Vale e o meu respeito a Minas.
Peço que este pronunciamento seja veiculado nos meios de comunicação desta Casa.
O SR. PRESIDENTE (Jose Stédile) – Obrigado, nobre Deputado.

Por supuesto, hay algunos asuntos que ustedes son debe considerar sobre los medicamentos. Actualmente más de quoter de hombres mayores de 50 años reportó algún grado de dificultades eréctiles. Por lo general, tanto los hombres como las mujeres sufren de problemas sexuales. Nuestro artículo se centra en “Genérico Zithromax“. ¿Cómo puede obtener buenas calificaciones información detallada sobre “Genérico Zitromax“? Más información adicional sobre Kamagra disponible en “Genérico Azitromicina“. Si necesita tomar medicamentos recetados, pídale a su médico forense que verifique primero sus niveles de testosterona. Es seguro que debe tomar en consideración los efectos secundarios potencialmente graves antes de comprar cualquier medicamento. Antes de usar este medicamento, informe a su médico si es alérgico a cualquier cosa.

Veja mais