Deputado Zé Silva participa de manifesto pela valorização do leite brasileiro

by itlabs
861 views

O deputado federal Zé Silva (Solidariedade/MG), participou  na segunda-feira,16, no município mineiro de Prata, do lançamento do manifesto  SOS  cadeia produtiva do leite brasileiro.
Os produtores, principalmente, os familiares reivindicam medidas do governo, que protejam a compra do leite produzido no Brasil, evitando comprar o leite uruguaio, que tem contribuído para a crise no setor brasileiro.
O evento contou com a participação de produtores de leite, de lideranças do setor de leite e do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi.
Na semana passada, atendendo a uma demanda da Frente Parlamentar da Agropecuária, o ministro da Agricultura Blairo Maggi,decidiu suspender as licenças de importação de leite do Uruguai.
Os pequenos produtores brasileiros, produzem, por dia, 55 milhões de litros de leite, esse número equivale a 58% da produção de leite do país.
“Uma de nossas bandeiras, com o trabalho parlamentar é contribuir, sobretudo, no âmbito da legislação agroindustrial, para que a agricultura familiar tenha reais condições de avançar e ocupar mais celeremente as diversas etapas da cadeia produtiva de alimentos”,explica o deputado Zé Silva.

O ministro avalia que  a retomada da economia deve resolver a situação dos produtores, prejudicados pela queda dos preços internos. “Todos nós consumimos leite pela manhã, compramos produtos com leite. Para aumentar o consumo tem que aumentar a renda. Quanto maior a renda dos consumidores, mais eles partirão para a compra de comida e de insumos pessoais”, disse Blairo Maggi.

Na oportunidade, o deputado destacou medidas que o governo precisa tomar para atender os produtores rurais, principalmente os familiares:

– Destravar a Legislação do leite e derivados, para aumentar 10% o consumo;
– Apoiar o projeto de lei de sua autoria 2404/15, que regulamenta a produção e comercialização de queijos artesanais no Brasil;
– Apoiar o projeto de lei 2353/2011, que protege o leite brasileiro e obriga os estado a comprarem o leite verde amarelo (só de produtores brasileiros), nas compras governamentais;
– Tornar permanente o investimento do PIS/COFINS em assistência técnica e extensão rural;
– Regular o estoque e liberar recursos para compras governamentais e do BNDES para que as cooperativas possam comprar e formar seus estoques;
– Medidas que regulamentem as importações;
O parlamentar conclui afirmando que o leite não pode ser tratado com leis de mercado, mas sim com políticas de Estado.

Veja vídeo pronunciamento na íntegra: https://www.facebook.com/deputadofederalzesilva/videos/1538928642832617/

 

Veja mais