EM DEFESA DO SERVIÇO DE ATER DE SÃO PAULO

by itlabs
78 views
É necessario garantir que o homem do campo tenha os mesmos direitos


Como presidente da Frente de Extensão Rural no Congresso Nacional, reafirmo o compromisso com este importante serviço. Ao longo de mais de sete décadas de existência, adequou-se as modificações do tempo e transformou o Brasil em uma potência na produção de alimentos.
A nossa defesa pela ATER como serviço essencial se baseia em dois pilares de atuação:
Ser uma educação não formal que trabalha com famílias rurais e transferência de conhecimentos e inovações tecnológicos.
A grande questão em debate não é a modernização do serviço de ATER em São Paulo, mas assegurar que na nova estrutura, sejam mantidos os fundamentos deste serviço que garante até aqui a tranformação do campo Brasileiro.
A ATER perdeu importância no governo de SP quando a CATI foi transformada em Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS), mesmo que pareça muito sutil, o Estado mais rico da nação brasileira não tem mais “Assistência Técnica e Extensão Rural” no seu organograma.
Portanto, defendo que o serviço de ATER do Estado de São Paulo, seja executado de forma presencial por equipes multidisciplinares de extensionistas rurais, principalmente em municípios com a presença de agricultores familiares, comunidades tradicionais e assentados da reforma agrária.

Veja mais