Extensionistas brasileiros homenageados no Congresso Nacional

by itlabs
1076 views

Extensionistas brasileiros homenageados no Congresso Nacional

Deputado Zé Silva realiza homenagem aos 69 anos da Extensão Rural em sessão solene

Câmara dos Deputados homenageou , em sessão solene, os 69 anos da extensão rural no Brasil, comemorados em 6 de dezembro. A homenagem foi solicitada pelo deputado Zé Silva (SD-MG).Engenheiro agrônomo o deputado atuou como extensionista, presidente da Emater/MG e atualmente é presidente da Frente Parlamentar de Extensão Rural.

O objetivo da homenagem segundo o parlamentar foi resgatar a história, mostrar as conquistas e a atual situação da extensão rural no Brasil.

“Eu como extensionista sei da importância do serviço de assistência técnica para o desenvolvimento da agricultura brasileira, principalmente no que diz respeito à agricultura familiar.E por meio da extensão rural que o Estado brasileiro chega às comunidades que mais precisam.O Congresso Nacional terá papel fundamental para ajudar a extensão rural vencer seu maior desafio, que é a sustentabilidade financeira”,  disse Zé Silva

Na avaliação de Zé Silva, o governo federal precisa mudar a maneira de “ver” o extensionista e ampliar os recursos aplicados, na extensão rural. “As entidades de assistência técnica, públicas e privadas, não podem depender de convênios burocráticos, que são inadequados para o repasse dos recursos.O concurso público é fundamental para  renovar o quadro de pessoal desse importante setor”, explica.

O parlamentar acredita que a Anater mudará o cenário da extensão rural em todo país, levando o serviço de Ater também para os assentamentos, segundo Zé Silva, apenas 25% dos assentados brasileiros contam com o apoio dos extensionistas, que são responsáveis por levar novas tecnologias até os grotões brasileiros, que permitirá aos agricultores produzir com mais qualidade e obter a renda necessária para garantir a sua permanência e das gerações futuras no campo.

Durante a solenidade o deputado entregou em mãos ao secretário de agricultura do Distrito Federal, Argileu Martins, um documento representativo para construir o museu do extensionista, na capital. “Acredito que os traços de um jipe representaria bem toda a história da extensão rural, pois foi o veículo utilizado pelos trabalhadores logo no início da Ater”, explica Zé Silva.


Extensão rural
 – A extensão rural brasileira conta com a força do trabalho de 16 mil extensionistas de campo e mais de nove mil profissionais administrativos, para um universo de 4,3 milhões de agricultores familiares. Mas apenas, a metade desses agricultores são assistidos, e isso, segundo dirigentes do setor, afeta na geração de renda do meio rural e compromete a segurança alimentar da população, pois mais de 2 milhões de agricultores ficam sem acesso à assistência técnica . Os serviços de ATER estão presentes em 5.359 municípios (96% do país), mas com uma força de trabalho muito aquém do necessário, para atender a totalidade dos produtores. Os agricultores que recebem esses serviços têm uma produtividade quase quatro vezes maior do que os que não recebem.

Depoimentos:

“É muito gratificante, ver as mulheres representado os mais de  dois mil extensionistas sintam–se abraçados por essa justa homenagem. A extensão rural faz a diferença, levando as condições adequadas para os agricultores produzirem com mais qualidade, deixando de  receber o bolsa família para produzir os alimentos que abastecem o programa, estas são as pessoas que representam a extensão rural eles não levam o peixe pronto, porém ensinam o nosso agricultor a encontrar o mercado de trabalho, melhorando a qualidade de vida, aumentando a renda desses produtores proporcionando mais estabilidade”, disse o presidente da  Emater do Rio Grande do Sul,  Clair Tomé

“Destaco a dedicação desses profissionais que superam obstáculos diversos. A agricultura não estaria no patamar que está, sem a dedicação diária dos nossos extensionistas rurais.Seria inimaginável ver o crescimento econômico do  Brasil sem a produção agrícola  e familiar, incorporada ao dia a dia  do homem do campo.Todos nós que trabalhamos com o setor produtivo brasileiro, precisamos dar suporte as atividades da extensão rural, portanto essa também é a missão do Incra.Quem trabalha no campo pode se unir a nós nesse processo de comemoração dos 69 anos da extensão rural’,  presidente do Incra, Leonardo Góes.

“Se não tivéssemos um extensionista parlamentar nós não estaríamos tendo essa sessão, o dia da extensão passaria completamente despercebido. Momento de muito desafio para o serviço de Ater, apesar de que a extensão rural viveu em desafios, por desafios e com desafios, vencemos o atraso e paradigma da sociedade da época, vencer o estereotipo do “jeca tatu” do rural atrasado, da verminose, onde não tinha crédito, onde só tinha atraso, e com muita maestria e vencendo paradigmas  da sociedade da época uma mulher, um homem e um jipe, fizeram história pelos rincões brasileiros, pelas nossas comunidades rurais, levando informação, tecnologia, políticas públicas e desenvolvimento, para que o Brasil viesse a ser, o que é hoje , produzindo alimentos para mais de 1 bilhão de pessoas.Novos desafios virão, agricultura mais sustentável, inclusiva, continuar produzindo alimentos para o urbano e garantindo qualidade de vida para o rural. Tenho certeza que a extensão rural está preparada para enfrentar esses novos desafios, desafio da modernidade”, secretário de Agricultura de Brasília, Argileu Martins.

“Precisamos do trabalho, do esforço e da dedicação dos extensionistas para que a extensão rural seja cada vez mais reconhecida como um serviço essencial, um serviço que tem o condão de qualificar todas as demais políticas públicas voltadas para o meio rural. Extensionistas de todo Brasil, tenham a Anater como um órgão que lutará diuturnamente para qualificar os serviços de extensão rural do nosso país”, presidente da Anater, Valmisoney Jardim.

Durante a sessão Solene, o presidente da Anater lançou a comenda “Mérito Anater” com o objetivo de homenagear os extenionistas brasileiros, e suas entidades representativas.O objetivo é homenagear  na mesma data em que se comemora o dia nacional da extensão rural, dia 6 de dezembro. A seleção anual será feita, por meio do resultado do trabalho dos extensionistas nos projetos realizados pela Anater em parceira com as entidades públicas e privadas.

Para o lançamento do “Mérito Anater”, o presidente da entidade homenageou, o presidente da Frente de Ater na Câmara, deputado Zé Silva, o Secretário de Agricultura do Distrito Federal, Argileu Martins, o Secretário de Agricultura e Desenvolvimento Agrário, representado, pelo subsecretário, Marcelo Martins Clair Tomé que preside a Emater/RS e representando os extensionistas,  Marina Soares,  que faz um brilhante trabalho em benefício dos produtores de queijo artesanal  de Minas Gerais.

“Atualmente,  16 mil extensionistas atuam em todo Brasil, dialogando permanentemente com os produtores rurais, o que pode aumentar em até  quatro vezes a renda do homem no campo, por meio de políticas públicas para o meio rural. Com a liderança de um extensionista na Câmara dos Deputados, com toda certeza o setor terá voz e poderá alavancar cada vez mais  a produção agrícola  brasileira. A extensão rural é um serviço que não se realiza na sua plenitude sem o serviço do extensionista”, disse Marcelo Martins.

 “ Destaco a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 49/11, de autoria do deputado Zé Silva, que estabelece salários unificados para os funcionários de assistência técnica e extensão rural como umas das pautas mais relevantes do setor”, disse o representante da Federação dos Trabalhadores da Extensão Rural (Faser), Cleison Duval

Durante a solenidade  O cantor mineiro, do Vale do Jequitinhonha, Osmar Lins,  prestou homenagem cantando o Hino Nacional, a “moda de viola”.

extensão rural brasileira –  O serviço de Ater,teve inicio  em 1930 em Minas Gerais,  quando foi realizada a Primeira Semana do Fazendeiro, já a primeira experiência extensionista no campo, ocorreu em  1948.Atualmente o serviço é oferecido  há  cerca de 5.359 municípios, e  conta com  a atuação diária de 16 mil extensionistas, que leva aos produtores rurais de todo país  conhecimentos tecnológicos, além de incentivo as diversas politicas públicas, que contribuem para o aumento da produção, propiciando melhores  condições de vida  do meio rural brasileiro.

 

Homenageados:

 

1 EMATER/AC Neusa Antônia Paes
2 EMATER/AL Tânia Maria Barbosa Vieira Costa
3 IDAM/AM  

Eda Maria Oliva SOuza

4 RURAP/AP  Jock San Souza Mineiro
6 EMATER/CE  José Eliaci Pinheiro Peixoto
7 EMATER/DF Marcio Meirelles Machado – Maximiliando Tadeu Memoria Cardoso
9 EMATER/GO Alexandre Resende Santiago
10 AGERP/MA Edinaldo Gonçalves da Silva
11 EMATER/MG Éverton Augusto Paiva Ferreira
12 AGRAER/MS Valdeci Sebastião da Silva
13 EMPAER/MT Liduino João de Limo
14 EMATER/PA Celso Iran Puget Botelho
16 IPA/PE  Silvana Maria Lemos
17 EMATER/PI  Márcia Mendes Santos Araújo
18 EMATER/PR  José Idílio Machado dos Santos 
19 EMATER/RJ Carlos Marconi de Souza Rezende
21 EMATER/RS Elisângela Froehlich
22 EMATER/RO        

 Luciano Brandão

24 EPAGRI/SC Rose Mary Gerber
25 EMDAGRO/SE Elizaldo Malta dos Santos
26 CATI/SP    Antônio Lopes Junior
27 RURALTINS/TO    Vilma José Vaz Aguiar

Veja fotos da solenidade:  https://www.flickr.com/photos/152328814@N08/

Vídeo:  https://business.facebook.com/deputadofederalzesilva/videos/1583454585046689/?business_id=940424026016418

Veja mais