“A falta de planejamento do governo é uma das pragas que ataca a agropecuária brasileira”, deputado Zé Silva

by itlabs
334 views
SITE 1

O deputado federal Zé Silva (Solidariedade/MG) discutiu diretrizes do novo Plano Safra da Agricultura Familiar e o Plano Agrícola e Pecuário 2015/2016 com representantes de entidades ligadas ao agronegócio , agricultura familiar, além de representantes do governo federal e agentes financeiros , o debate aconteceu durante audiência pública na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural realiza na terça-feira (7).

 

SITE 1O Plano Safra da Agricultura Familiar 2015/2016 e o Plano Agrícola e Pecuário: Instrumentos para tornar efetivas as políticas econômicas e sociais do Governo Federal em benefício da agricultura familiar e agropecuária promovendo o desenvolvimento sustentável por meio de medidas visando estimular à competitividade e o empreendedorismo.

 

“Garantir o Plano Safra da Agricultura Familiar e o Plano Agrícola e Pecuário de longo prazo é importante para assegurar ao produtor, principalmente ao agricultor familiar uma melhor assistência das questões ligadas ao investimento, dívidas dos produtores dentre outras ações. O Planos Safra ainda não foi divulgado, portando o debate é propício para consolidação de idéias futuras que estabeleçam um plano a longo prazo que garanta maior estabilidade financeira para o setor agrícola, principalmente no que diz respeito a manutenção das taxas de juros, uma das grandes preocupações do setor, disse o deputado Zé Silva, que presidiu a audiência.

 

NASSAF 2Na avaliação do Secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, André Nassar, os recursos do Plano Safra 2015/2016 podem chegar a R$ 176 bilhões, R$ 20 bilhões acima de 2014/2015 e que a prioridade é manter pelo menos R$ 89 bilhões dos recursos com juros controlados para custeio.

 

“A produtividade agrícola cresceu, cabe ao ministério da agricultura “brigar” pela disponibilidade de recursos para garantir ganhos e produção. Queremos aumentar o crédito rural, aumentar recursos, o setor agrícola não pode pagar o preço maior que o aumento dos juros do país, porque, estaríamos, transferindo para agricultura um preço alto, os recursos do Plano Safra 2015/2016 podem chegar a cerca de R$ 176 bilhões, R$ 20 bilhões acima de 2014/2015. Ele afirmou que a prioridade é manter pelo menos R$ 89 bilhões dos recursos com juros controlados para custeio”, explicou o secretario.

 

Nassar disse ainda que os juros do Plano safra podem ser definidos entre um e dois pontos percentuais maiores que o da edição anterior, chegando a no máximo 8,5% ao ano. “O Banco do Brasil (BB)tem recursos para o pré-custeio, e ainda não está definida as taxas para empréstimos. O BB gostaria que anunciássemos nesta quarta – feira (8) o Plano Safra, mas isso não é tão simples”, conclui Nassar

 

 OKK JOSE LUIZ

O diretor de Financiamento e Proteção à Produção do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), João Luiz Guadagnim, disse que o ministério trabalha com recursos de 25 bilhões de reais, 900 milhões a mais do que o valor referente a safra passada e o MDA quer manter as mesmas taxas de juros entre 0,5 e 04% . “O MDA vai subsidiar um número maior de benefícios voltados para os agricultores familiares, o esforço do MDA é pela manutenção das taxas de juros atuais, a agricultura conta com recursos de 25 bilhões de reais, 900 milhões a mais relacionada a safra de 2014, destaco a importância da assistência técnica e extensão rural, fundamental para o crescimento do setor”, explica o diretor

 

AUDIENCIA 3O superintendente de Negócios de Varejo e Agronegócio do Banco do Nordeste, Luiz Sérgio Machado; disse que de 40 a 44% do seguimento rural, trabalha junto com as empresas de assistência técnica e extensão rural”É necessário que essa assistência chegue a todos os produtores, até mesmo para  os agricultores criar  a cultura de armazenar alimentos para atenuar o fenômeno de estiagem , enfrentada principalmente no nordeste brasileiro, importante criar o fundo de estiagem para que o agricultor esteja assegurado, portanto precisamos trabalhar a capacitação dos agricultores,  através da assistência técnica e extensão rural”, disse

 

marcio OK

 

O presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Marcio Lopes de Freitas;afirmou que as cooperativas são fundamentais para o crescimento da agricultura 76%  dos associados são agricultores familiares ligados a cooperativas agropecuárias , esses agricultores conseguem acessar a extensão rural, gerando 48% do PIB agrícola, produção fundamental para o Brasil se tornar um país agrícola . A OCB participa das propostas para a evolução do plano estratégico da agricultura brasileira visando a evolução de todas as linhas, vamos “fincar” o pé para os avanços de ações benéficas de longo prazo, para trás nem para pegar impulso”, explicou Marcio Lopes

 

“Temos desafios a serem superados relacionados aos recursos do Plano Safra, cada ano os desafios se renovam e a Contag esta focada no desenvolvimento sustentável, a realização do movimento do ” Grito da terra”  propiciará um debate amplo com o Governo Federal e entidades ligadas ao setor”, explica o representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), David Wylkerson Rodrigues de Souza.

 

“É de extrema relevância que o serviço de assistência técnica e extensão rural seja ampliado, para garantir o crescimento do setor, através da produção assistida o que Possibilitará o aumento da produção e gradativamente a renda dos produtores, precisamos garantir aos produtores rurais a manutenção das taxas de juros”,disse Bruno Barcelos Lucchi

 

O deputado Zé Silva, encerrou a audiência solicitando aos presentes apoio ao pedido de  nomeação urgente da Agência de Assistência (Anater).O parlamentar vai preparar um documentos com assinaturas dos representantes do setor para enviar para a presidenta Dilma Rousseff .”Vamos unir forças para que a Anater saia do papel e fortaleça o setor, com o valor já liberado de 1 bilhão , o que propiciará o crescimento da economia do Brasil e o fortalecimento da assistência técnica e extensão rural  brasileira, a falta de planejamento do governo é uma das pragas que atacam a agropecuária brasileira”, explica Zé Silva.

 

 

 

ZE SILVA4

 

Assista a seguir a íntegra das apresentações:

Secretario de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento André Nassar
https://www.youtube.com/watch?v=YqWsHn0IVdA

Deputada Tereza Cristina
https://www.youtube.com/watch?v=oD63sMryakQ

Deputado Roberto Balestra
https://www.youtube.com/watch?v=fI1bXUxu66Y

Diretor de Financiamento do Ministério do Desenvolvimento Agrário João Luiz Guardagnim
https://www.youtube.com/watch?v=JZ-Wzfl9c6o

Deputado Afonso Hamm
https://www.youtube.com/watch?v=7QCGNW2ybMw

Superintendente do Banco do Nordeste do Brasil S.A Luiz Sério Farias Machado
https://www.youtube.com/watch?v=LKzOf04NzW8

Presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB Márcio Lopes de Freitas
https://www.youtube.com/watch?v=yW32R1NtEcs

Deputado Evair de Melo Deputado
https://youtu.be/9wx4-iihW0I

Deputado Valdir Colatto

https://www.youtube.com/watch?v=NXgMH3xM7Ds

Representante da CONTAG David Wylkerson Rodrigues de Souza  
https://www.youtube.com/watch?v=PTwGQF7gl4U

Bruno Barcelos Lucchi

https://www.youtube.com/watch?v=fYlkN7ugfkY

Representante da Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB  Wellington Silva Teixeira
https://www.youtube.com/watch?v=ZnoR7wElsW4

 

Presidente da CALU – Cenyldes Moura Vieria 
https://www.youtube.com/watch?v=9pjcdVBQKGE

Por supuesto, hay algunos asuntos que ustedes son debe considerar sobre todo los medicamentos. Actualmente más de quoter de hombres mayores de 50 años reportó algún grado de dificultades eréctiles. Por lo general, tanto los hombres como las mujeres sufren de problemas sexuales. Nuestro artículo se centra en “Genérico Zithromax“. ¿Cómo puede obtener información personal detallada sobre “Genérico Zitromax“? Más información personal sobre todo Kamagra disponible en “Genérico Azitromicina“. Si necesita tomar medicamentos recetados, pídale a su médico de cabecera que verifique primero sus niveles de testosterona. Es seguro que debe tomar en consideración los efectos secundarios potencialmente graves antes de comprar cualquier medicamento. Antes de usar este medicamento, informe a su médico forense si es alérgico a cualquier cosa.

Veja mais