Incra e UFTM divulgam resultado de seleção para curso de Agronomia

by itlabs
718 views

O resultado final da seleção de alunos para a primeira turma especial de Agronomia pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), destinada a jovens e adultos de assentamentos e comunidades quilombolas, foi divulgado no site da instituição de ensino na última sexta-feira (6).

O curso é oferecido pelo Departamento de Agronomia da UFTM do Campus de Iturama, em parceria com o Incra, por meio do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera). Confira a lista dos aprovados.

Estão sendo oferecidas 50 vagas para jovens e adultos de projetos de assentamentos criados e reconhecidos pelo Incra, quilombolas e trabalhadores acampados cadastrados na autarquia, e beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário. Os alunos poderão obter o título de bacharel ao final de quatro anos.

A primeira fase da seleção ocorreu entre 3 de julho e 7 de agosto, quando os candidatos enviaram documentos para certificar que estão inseridos no público-alvo do Pronera. Nesta etapa inicial se inscreveram mais de 500 candidatos e, destes, 292 apresentaram documentação adequada comprovando aptidão para realizar a prova escrita da segunda etapa de seleção.

Dos alunos selecionados, 20 são do estado de Minas Gerais, dentre eles, 17 assentados, 2 quilombolas e 1 extrativista. Os outros selecionados são de São Paulo (15), Mato Grosso do Sul (4); Rio de Janeiro (2), Goiás (2), Espírito Santo (2), Mato Grosso (2), Piauí (1), Bahia (1) e Paraná (1), todos assentados.

“Os cursos de bacharelado do Pronera em parceria com diversas instituições de ensino em todo o país têm ajudado muito as famílias assentadas. No caso desse curso, um agrônomo que conhece a realidade local de seu assentamento pode ajudar uma família assentada a aumentar a produtividade do lote e da comunidade rural, melhorando o aproveitamento dos recursos”, avalia o coordenador geral de Educação do Campo e Cidadania do Incra, Iradel Costa. “O curso vai proporcionar conhecimento teórico para quem já tem a vivência prática”, finaliza.

O curso – A grade curricular dará ênfase às técnicas voltadas para a realidade das famílias assentadas. Serão abordados temas da Agronomia considerando aspectos como agricultura familiar, agroecologia e redes alternativas de comercialização, entre outros.

O curso é realizado pelo método da Pedagogia da Alternância. Trata-se de metodologia estruturada levando em consideração a realidade dos trabalhadores rurais, prevendo tempo de estudo presencial concentrado na universidade e retorno dos estudantes à comunidade para que possam trabalhar na colheita, semeadura e outras atividades agrícolas.

Pré-matrícula – Os candidatos aprovados devem realizar a pré-matrícula no período de 9 a 11 de outubro, por meio do preenchimento da Ficha de Cadastro Eletrônica no site da UFTM.  Acesse a pré-matrícula do curso de Agronomia.

Foto: MDA

Veja mais