Oportunidades para a juventude, com o ID Jovem

by itlabs
693 views
ID Jovem 2 600x325

Programa atende jovens em situação de risco social, com apoio para inclusão social e acesso a benefícios para melhoria da qualidade de vida ID Jovem 2 600x325

 

O deputado federal Zé Silva (Solidariedade/MG) quer ampliar a divulgação do programa ID Jovem – Identidade Jovem, de apoio a jovens carentes e em situação de risco social. Para o deputado, o programa é muito bom, “mas ainda pouco divulgado, e por isso queremos suprir essa deficiência mostrando sempre que possível um pouco mais desse programa do Governo Federal, o ID Jovem”, explica.

Criado em outubro de 2015, o ID Jovem veio para apoiar os jovens brasileiros entre 15 e 29 anos de idade, com renda familiar de até dois salários mínimos e devidamente cadastrados com o NIS – Número de Identificação Social, com ações de inclusão social e melhoria de sua qualidade de vida.

Informa o deputado que, caso o jovem não tenha ainda seu NIS, deve se dirigir ao Centro de Referência da Assistência Social – CRAS de seu município para demandar esse documento: “Com isso, e preenchida as demais condições listadas acima, o jovem tem acesso a benefícios como meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos, e preencher critérios para a reserva de vagas a jovens de baixa renda nos veículos do sistema de transporte coletivo, entre outras ações”, disse Zé Silva.

Pelo menos 16 milhões de jovens podem ser beneficiados com o ID Jovem, em todo o nosso País. Programa inserido entre as politicas públicas da Secretaria Nacional de Juventude – SNJ, o ID Jovem busca fortalecer a autonomia e emancipação de jovens, “reconhecendo esse segmento importante de nossa população como uma fase singular da vida, que necessita de apoio especial para realizar suas expectativas e de vida e de formação humana”, afirma o deputado.

Transformar Minas – Mais de 51 milhões de brasileiros estão nessa faixa etária, e apenas no meio rural formam uma população de mais de 6 milhões de jovens. Para esses, afirma Zé Silva, o ID Jovem representa, de forma especial, “uma janela de oportunidades para a juventude conhecer e se inserir no universo da da arte e da cultura que é, com certeza, uma base importante para a nossa vivência de cidadania”.

Na presidência da Emater-MG, que exerceu de 2003 a 2010, Zé Silva criou um programa também voltado especificamente para a juventude rural, setor mais carente que o jovem do meio urbano de apoio e politicas focadas em seu ambiente e condições de vida: Com esse projeto, o “Transformar Minas com a Juventude Rural”, explica o deputado, “atendemos milhares de jovens de todas as regiões mineiras, com ações de capacitação profissional, formação para a cidadania, e apoio com fomento e gestão para suas atividades rurais”, disse.

Concluindo, Zé Silva afirma que o ID Jovem é hoje uma das raras oportunidades de politicas publicas focadas na juventude. Portanto, explica, “vale a pena conhecer melhor seus fundamentos e condições de operacionalidade”. Para isso, deve-se acessar  o site www.juventude.gov.br. E além do ID Jovem, pode-se conhecer outros programas e politicas para os jovens, no âmbito da Secretaria Nacional de Juventude, como o Estação Juventude, o Plano Nacional de Start-up, e Juventude Viva, entre outros.

 

 

Veja mais