Região Nordeste sediará o 5º seminário “A Ater que queremos e o Brasil precisa”

by itlabs
781 views
ematerce

Com o tema “A Ater que queremos e o Brasil precisa”, a Frente Parlamentar de Assistência Técnica e Extensão Rural da Câmara dos Deputados, vai discutir propostas para o futuro do serviço de extensão rural no país. O 5º Seminário acontecerá em Fortaleza, no dia 3 de julho, em parceria com entidades estaduais de Extensão Rural do Estado. O encontro acontece na Assembleia Legislativa do Ceará – Av. Desembargador Moreira, 2807. Bairro: Dionísio Torres – Fortaleza – Ceará. A partir das 10horas.

ematerce

 

A Frente Parlamentar é composta por 212 parlamentares, presidida pelo deputado mineiro Zé Silva (Solidariedade/MG), a região Nordeste que sediará o debate é representada pelo deputado cearense, Raimundo Gomes de Matos, vice presidente da Frente. Os membros vão avaliar as demandas prioritárias que resultarão em sugestões que servirão de direção para o avanço da Ater nos próximos anos e farão parte do documento final gerado no seminário. As propostas colhidas durante todo o evento serão consolidadas e encaminhadas para uma discussão em nível nacional.

 

O deputado federal Zé Silva explica que os seminários permitirão a construção de uma nova Ater, por meio da experiência de cada extensionista e de acordo com as limitações de cada região. “O amplo debate com extensionistas, dirigentes e representantes do meio auxiliará a pensarmos juntos a Extensão Rural que nós queremos e que é fundamental para o futuro da sociedade, pois os extensionistas são responsáveis por levarem até o campo novas tecnologias, permitindo que os agricultores produzam com qualidade e obtenham renda que garantirá a sua permanência e das gerações futuras no campo”, explica Zé Silva.

 

Extensão rural – A extensão rural brasileira tem uma força de trabalho de 16 mil extensionistas de campo e mais de nove mil profissionais administrativos, para um universo de 4,3 milhões de agricultores familiares. Apenas a metade desses agricultores são assistidos pelos profissionais, isso, segundo dirigentes do setor, afeta a geração de renda no meio rural, a segurança alimentar da população e deixa sem direito à assistência técnica mais de 2 milhões de agricultores. Os serviços de ATER estão presentes em 5.359 municípios (96% do País), mas com uma força de trabalho muito aquém do necessário para atender a totalidade dos produtores. Os agricultores que recebem esses serviços têm uma produtividade quase quatro vezes maior do que os que não recebem.

 

“Tivemos avanços significativos nos últimos anos, porém, é necessário muito mais, e com a urgência que o meio rural necessita para se fortalecer, conter a migração rural e assegurar em nosso país a promoção da segurança alimentar. A grande conquista para o setor foi a Anater, para consolidar os serviços de ATER como um sistema, potencializador de recursos e investimentos que permitirá às entidades de ATER uma gestão de qualidade, e focada em resultados transformadores para a agricultura familiar e para a sociedade”, conclui Zé Silva.

 

 

Convidados:
Vice-presidente da Frente de Ater – Deputado Federal Raimundo Gomes de Matos;
Governador do Ceará – Camilo Santana;
Presidente da Assembleia – Deputado Zezinho Albuquerque;
Presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional, Recursos Hídricos, Minas e Pesca – Deputado Carlos Matos;
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário – SEAD – José Ricardo Roseno;
Presidente da Emater CE – Antônio Amorin;
Presidente da ASBRAER – Argileu Martins;
Presidente da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) – Walmisoney Jardim;
Coordenador da Federação Nacional dos Trabalhadores da Assistência Técnica e do Setor Público Agrícola do Brasil (Faser) – Carlos Carvalho;
Presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG) – Aristides Veras;
Presidente do Conselho Nacional dos Sistemas Estaduais de Pesquisa Agropecuária (CONSEPA) Florindo Dalberto;
Secretário de Agricultura do CEARÁ – Francisco Osmar Diógenes Baquit;
Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) – Valter Bianchini;
Presidente Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) – Márcio Lopes de Freitas;
Coordenador Nacional da Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (FETRAF) – Marcos Rochinski;
Presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuáriada (EMBRAPA) – Maurício Antônio Lopes;
Presidente da Academia Brasileira de Extensão Rural (Aber) Hur Ben Correa;

 

 

 

Foto> Ematerce – Estado do Ceará

Veja mais